27/8/09


PRIMAVERA - Cenário ibero-americano em debate - dia 10/9, às 18h

Cenário ibero-americano em debate

No primeiro dia da Primavera dos Livros, convidados da Espanha e Argentina discutem a edição independente

O primeiro dia da Primavera dos Livros São Paulo 2009, 10 de setembro, será dedicado aos editores e profissionais do livro, batizado, por isso, de Dia do Profissional. Além da Assembleia Geral da Libre-Liga Brasileira de Editoras, para discutir os rumos e prioridades do trabalho da entidade, uma mesa-redonda com parceiros da Espanha e da Argentina terá como tema "O editor independente no mundo ibero-americano".

Para esse debate, que acontece das 18h às 20h, estão confirmadas as presenças de Marcos López, da OQO Editora, e de Pep Durán, narrador, dono da tradicional livraria catalã Robafaves, professor do Ateneu de Barcelona e sócio da Anin (Associación de Narradores i Narradores de Catalunya), ambos da Espanha; e de Guido Indij, da La Marca Editora, de Buenos Aires, e membro da Edinar-Editores Independentes de Argentina por la Diversidad Bibliográfica. A mediação fica por conta de Cristina Warth, presidente eleita em agosto para a Libre.

A participação dos convidados internacionais contou com apoio da Embaixada da Espanha/AECID e da Universidade do Livro (da Fundação Editora da Unesp). Mais cedo, na agenda da Primavera dos Livros está a Assembleia Geral da Libre, que vai reunir os editores das 14h30 às 17h30. "Esse grande encontro de editores é a oportunidade para construir, com a colaboração de todos, uma pauta consistente de objetivos e metas para os dois anos da próxima gestão", afirma Cristina Warth (Pallas).

A abertura oficial do evento é às 10h, seguido de coquetel, no Centro Cultural São Paulo. A entrada é gratuita para toda a programação da Primavera dos Livros, de 10 a 13 de setembro, no Centro Cultural São Paulo.